quarta-feira, 22 de setembro de 2010

A Bailarina




O coração a arder compulsivamente de amor, tanto amor…

A pele é cuidada e guardada diariamente com amor próprio…

A suavidade leve presente num intenso olhar, um olhar que te vê…

A cor vermelha cheia de vida a correr pelos seus lábios…

O branco que envolve a sua alma representa os seus sonhos de menina…

Os sapatos de bailarina que elevam o seu corpo mostram como pode ser forte…

As mãos femininas, corajosas, agarram o medo e ele desaparece ali…

O chão firme não treme perante os seus passos, sente-a passar e transmite-lhe segurança…

A parte que não vez é o seu mistério, se perguntares ela poderá dizer-te os segredos mais escondidos, isso caso saibas fazer a pergunta certa, no momento certo…

A rosa, as pétalas imaculadas a cair uma por uma são o tempo a passar, são a vida a passar…

O cenário é o seu ar, a sua tranquilidade, é a sensação que se têm ao entrar no seu espaço…

Quem é ela perguntas tu?...

É uma mulher igual ás outras, apenas sabe quem é sem ter de se olhar ao espelho, vê-se pela sua sombra…

È o sonho que acorda de manhã e o vento fresco da noite de Outono…

Podia ficar ali, só assim parada, sem horas para voltar a pousar totalmente no chão…

Assim está mais perto do céu, mais perto dos seus sonhos de criança…

Hoje a criança é mulher e continua a sonhar, não quer parar de sonhar…

Um dia, vai descer, vai ficar mais próxima e vai apanhar cada pétala do chão…

Vai beijar as mãos carregadas de ternura e vai soprar as pétalas na tua direcção…

Fica lá, não te movas, deixa-te sentir o seu cair na tua pele, sente o perfume…

Depois, dá-lhe a mão, olha os seus olhos negros e faz a pergunta certa pois…

ESTE É O MOMENTO CERTO!!!!

2 comentários:

  1. Postagem boa, parabéns.
    Visite também meu blogger e faça parte dele.

    http://porfiriomarques.blogspot.com/


    Bjs.

    ResponderEliminar